PMEs e os números do 1° semestre - Portal No Varejo

23/05/2014, às 18:00
Números referentes à São Paulo foram divulgados pelo Sebrae. No acumulado do ano, as MPEs apresentaram aumento de 5,3% na receita real ante o primeiro trimestre de 2013.

Números referentes à São Paulo foram divulgados pelo Sebrae. No acumulado do ano, as MPEs apresentaram aumento de 5,3% na receita real ante o primeiro trimestre de 2013.

O primeiro trimestre de 2014 foi positivo para as micro e pequenas empresas (PME) paulistas, com aumento de 5,3% na receita real, comparando com o primeiro trimestre de 2013. Divididos por setores, os resultados foram de crescimento também. Os serviços tiveram maior alta: 5,8%, seguidos do comércio: 5,6%, e indústria: 1,6%. Pesquisa do Sebrae entrevistou 2.716 donos de PMEs do Estado de São Paulo.

Também nos três primeiros meses do ano houve aumento de 1,8% no total de pessoal ocupado nas PMEs. A folha de salários cresceu 2%, mas o rendimento real dos empregados caiu 1,2%. No entanto, o faturamento real (descontada a inflação) de março das PMEs paulistas teve queda de 5,3% em relação a março de 2013. A receita total foi de R$ 45,6 bilhões. Analisados os resultados por setores, o faturamento do comércio paulista registrou queda: -10,9% e o da indústria: -4,6%. O setor de serviços teve desempenho melhor: +0,9%.

Esse resultado negativo no faturamento real tem explicação. Foi influenciado pelo Carnaval, que reduziu o número de dias úteis em março. “Tal fator diminuiu as oportunidades de vendas, prejudicando o faturamento”, afirma o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano.

Selo de identificação para MPEs

Lançado na quarta-feira (21/05) pela camara-e.net, certificado é voltado às PMEs que atuam na web. De acordo com os idealizadores, o selo ‘Clique e Confie’ foi criado para proporcionar maior competitividade aos pequenos varejistas no e-commerce.

Objetivo é difundir informações e conhecimento estratégico sobre e-commerce e promover benefícios reais que possibilitem às empresas tirarem proveito da economia digital seguindo os melhores padrões de ética. Para aderir, a empresa terá que pagar R$ 59,90 por mês.

Segundo a agência responsável pela criação e divulgação do selo, a Insania Publicidade, o ‘Clique e-Confie’ vai permitir que as PMEs “identifiquem seus sites e transmitam a credibilidade necessária para transformar os visitantes em clientes, como fazem os grandes varejistas online”.

Fonte: Portal No Varejo


Flicker
  • Redes sociais
Realização
Realização Camara-e.net
Apoio
Sebrae
Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) | CNPJ: 04.481.317/0001-48
Edifício Higienópolis Offices Tower - Av. Angélica, 2.503 - 5 andar, sala 56, 01227-000 - Consolação - São Paulo/SP
Contato: (11) 3237-1102 | E-mail: info@camara-e.net
2018 - Todos os direitos reservados
  • Patrocínio Master
  • Realização